Formspring: Caderno de Perguntas do Novo Século?

Era comum na adolescência ver as meninas portando um caderninho recheado de perguntas hora inocente outra nem tantas.

Essas perguntas serviam para inúmeras artimanhas. Aos meninos a quem eram interessadas, elas mandavam responder. À menina, possível rival amorosa, entregavam o caderno. As perguntas variavam das mais básicas como nome e idade, até de extrema intimidade como a perda de virgindade.

Estou falando da faixa etária dos 13 ou 14 anos, e sexo, no final dos anos 90 ainda era tabu, principalmente no colégio religioso o qual eu estudava.

Outro dia eu tava pensando, depois de criar uma conta no formspring, que esse site parece com o antigo caderninho de perguntas das meninas da sala. Com algumas ressalvas, claro.

Mas no fundo, a intenção é a mesma: conhecer a intimidade das pessoas e tentar se aproximar seja com a finalidade de amizade ou de algo mais.

Sinceramente, eu ainda não sei o porquê de manter uma conta nesse site. Não é falando mal, mas se alguém quer perguntar alguma coisa já existem tantos canais pra isso. Pra quê mais um?

Apesar de ser bem dinâmico, o formspring não tem nada de inovador.

Pelo menos pra mim. Mantenho minha conta até hoje, mas posso excluí-la a qualquer momento.  Prefiro ficar com a lembranças dos cadernos de minhas amigas.

Voltando aos caderninhos…

Certa vez me deram para responder  um, dentro da sala de aula. A professora de história tinha acabo de entrar e logo estranhou ao me ver tão concentrado naquele caderno. Sabendo ela quem era eu, e que coisa boa não sairia dalí, tratou logo de pedi o caderno.

Eu me neguei. Disse que era de alguma outra disciplina. Mas como ela previa, logo eu sairia com uma.

Ia folheando e respondendo. Parava para sorrir, lia mais uma vez e respondia. A professora lá na frente me observava receosa e consciente de algo iminente.

As perguntas ficavam mais picantes, indiretas e constrangedoras à medida que se chegava ao final do caderno. Eu escrevia, ria e olhava para a professora.

Estava eu na última pergunta e essa era a pior de todas. Pelo meu semblante, ela entendeu que o negócio era pesado e veio em minha direção.

Mas antes que ela chegasse até mim, eu proferi em alto e bom som:

– “Oh professora, o que é posição sessenta e nove?”

Fiz-me de inocente no momento.

A sala inteira parou pra olhar pra mim e ninguém conteve os risos.

Mesmo estudando em colégio religioso e na adolescência, todos sabiam o que significava aquilo, inclusive eu.

O que fiz pra chamar atenção e parecer ingênuo foi só falar o número 69 por extenso.

No final das contas, a professora, finalmente, tomou o caderno e eu fui parar na coordenação.

Anúncios

~ por automidia em 05/06/2010.

8 Respostas to “Formspring: Caderno de Perguntas do Novo Século?”

  1. hshahsa…eu não tenho o formspring mais tenho o meu pergunte…:D

  2. Formspring é uma nova ferramente da internet bem uitil, diferentemente do twitter. é possivel fazer perguntas pras pessoas que vc sempre teve vergonha

  3. vejo como recurso para quem tem medo e utilidade para quem quer se revelar. kkkkkkkk

  4. mim lembro desse cardeninho na escola respondia muito.. lembro que agente ia nas ordem dos numeros e cada vez que ia reesponder colocava la.. e no decorrer das respota agente via resposta das outras pessoa e quando esquecia quem era ia la na 1º pagina pra saber o nome da pessoa que respondeu kkkkk.. muito esse tempo…

  5. Nostalgia total__
    Bom era meu tempo de colégio!

  6. Concordo que o forms é mais útil que o twitter. Mas formspring já esteve mais na moda.

  7. Lembro desse fato mais,o caderno não erra meu.rsrsrsrsrsrsr

  8. Parabens pelo Blog
    bem legal dinamico e interativo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: