Até a Rainha Elizabeth duvidaria…

Já sabia exatamente sobre o que ia escrever quando sentei a frente do computador de meu amigo. Neste momento eu não estou em casa e acabara de me acordar. Foi durante essa meia hora de descanso que a idéia surgiu.Inglaterra

Quando sentei nesse banco, daqueles altos – tipo bar americano – e liguei o monitor, uma imagem que está sendo usada no desktop reforçou meus pensamentos e lembrei que um dia já passei por isso. Explico.

Ontem conversava sobre esse assunto e talvez tenha sido esse o fato de sonhado a instantes atrás. Meu amigo dizia que quando criança ensaiava as coreografias de Britney Spears de tão fã que era.

Eu não cheguei a tanto. E de quem eu era fã quando criança também não era a mesma. Como uma geração inteira, eu fui fã das Spice Girls. Não me envergonho em dizer isso. Vergonha mesmo só tenho do que aprontei em nome do fanatismo.

Aos onze anos de idade eu já era independente. Em termos. Eu já viajava sozinho, fazia transações em caixa-eletrônico, pagamentos em bancos e mais uma infinidades de coisas do que só ver TV, estudar e dar dor de cabeça a meus pais.

Agora, na tela do monitor uma foto de Spears estampada. Na minha infância computador era algo inatingível pra um pré-adolescente e as fotos ficavam penduradas na parede do quarto, em formato de pôsteres. Música em MP3 era inimaginável. Eram os CDs e Fitas K7 que armazenavam as canções.

Eu sempre fui obstinado. Desde as coisas mais excêntricas às mais importantes. Mas dessa vez eu pequei.

Lembro que antes de ir à escola, naquela manhã, eu ouvia a canção “Viva Forever” enquanto tomava o café. Minha mãe veio do quarto e me entregou o dinheiro da mensalidade escolar. Eu coloquei no bolso e me dirigi ao destino. Entre minha casa e a escola, havia uma banca de jornal e sem hesitar entrei e comprei um pôster. A consciência pesava, mas eu acreditava que supriria o desvio com o dinheiro da mesada. Mas antes mesmo que o dia acabasse eu iria gastar toda a mensalidade com revistas e meio mundo de produto com a marca do quinteto inglês. Completei a discografia, aí passava por pirulitos, camisetas, VHS…

Nesse dia eu cheguei a sair de dentro da sala várias vezes pra voltar na banca e comprar mais.

Os dias foram passando e o dinheiro da mesada que taparia o rombo serviu pra adquirir mais e mais produto.

Uma bola de neve se formou e chegou uma hora que minha mãe descobriu.

Tudo foi confiscado.

Meses sem ver revistas, sem ouvir nada.

A tristeza foi grande. Achava que ela tinha dando fim a tudo que eu tinha.

Em certa ocasião, revirando o fundo do guarda-roupa dela, encontrei minhas coisas dentro de uma caixa. Ela queria me dá um susto. Um castigo.

Aprendido a lição. Depois de um tempo até ela sabia cantar.

Hoje, dez anos depois, ainda me pede pra, vez por outra, colocar as músicas e nós recordarmos tais momentos.

O material das Spice Girls continua em meu poder. Caso alguém se interesse…

Ou doou pra um museu britânico!

Anúncios

~ por automidia em 09/07/2009.

5 Respostas to “Até a Rainha Elizabeth duvidaria…”

  1. Lembro deste acontecido, hj nós recordamos com grande saudade os velho tempos que não voltam mais, fase boa da nossa vida onde só existia na nossa vida a responsabilidade de estudar e fazer molocagem…

  2. Amigo, achei lindo, adooro blogs assim que contam as vidas vividas de amigos meus…te amoo e foi lindo vc lembrar dessa história em minha casa e ao meu lado! Te Amo forever! ♥ ;*

  3. Putz… Obstinação e excenticidade sempre marcaram a vida dos adolescentes mais atonomos, que formaram adultos mais autonomos e que se destacam. o que seria da vida sem essas coisas? hehehe Obstinar é focar objetivo(os) em algo ou alguem…sugere poder de escolha e, mais que isso, disposição de ir até o fim sem mariar… do caralho!

  4. Claro que me lembro disto, e lembrei um dia desses sim, os clips que vc trazia aki p casa p agente assistir, repetidas vezes…a minha preferida sempre foi Victoria!

  5. E os clips que vc trazia p agente assistir ainda em VHS, não dá p esquecer.. e Victoria era minha preferida…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: